Sobre a Campanha

A Campanha Global "Construindo Cidades Resilientes" aborda questões de governabilidade local e risco urbano, a fim de ajudar os governos locais a reduzir riscos e aumentar a resiliência em áreas urbanas através da aplicação do Marco de Sendai para a Redução do Risco de Desastres 2015-2030 . A campanha oferece soluções e ferramentas que permitem que governos e atores locais identifiquem as lacunas na sua capacidade de resiliência e aumentam sua capacidade financeira, técnica e de conhecimento para o planejamento do desenvolvimento e capacidade de gestão de risco. Através da campanha, as cidades se tornam parte de uma ampla aliança de cidades resilientes em todo o mundo.

Por que Governos Locais?

A liderança e participação dos governos locais, como nível institucional mais perto dos cidadãos, desempenha um papel vital para qualquer compromisso sobre a redução do risco de desastres por meio da sua incorporação bem-sucedida ao processo de planejamento do desenvolvimento urbano. Tornar as cidades resilientes é a responsabilidade de todos: os governos nacionais, associações governamentais locais, organizações internacionais, regionais e da sociedade civil, doadores, setor privado, instituições acadêmicas e associações profissionais assim como todos os cidadãos devem participar. Todas estas partes interessadas devem estar a bordo para assumir o seu papel e contribuir para a construção de cidades resilientes frente aos desastres.

2010-2015: O que foi alcançado?

A primeira fase da campanha teve foco na conscientização e promocão de redução do risco de desastres. Desde seu lançamento em maio de 2010, a Campanha tem reforçado a liderança local e vontade política para a redução do risco de desastres.
Até maio 2016, a Campanha trabalha com 3.123 cidades a nível mundial, dos quais 1.445 são das Américas, desde capitais como a Cidade do México, até cidades pequenas no Brasil, Colômbia, Honduras, Estado de Chiapas no México, entre outras. A campanha também desenvolve uma rede global de governos locais comprometidos com a redução do risco de desastres, aumentar a resiliência das cidades, promovendo a cooperação e aprendizagem entre as cidades.

A Campanha tem produzido uma série de ferramentas para ajudar as lideranças locais para avaliar, documentar e melhorar seus esforços para reduzir o risco de desastres, tais como os Dez Passos Essenciais para aumentar a resiliência, o Marco de Ação de Hyogo, a ferramenta de auto-avaliação LGSAT para os governos locais e o manual para líderanças locais.

A campanha também se comprometeu em várias atividades de apoio técnico e reuniões com líderes de governos locais, a nivel regional e internacional. Em 2014, 800 oficiais de cidades inscritas na capanha e gerentes/diretores das unidades de desastre de 36 países foram treinados no curso de capacitação em nível local (GETI).

 

2016-2020: Prioridades para Ação

A segunda fase da campanha, que começou em 2016 enfocará na implementação de planos de redução do risco de desastres A Campanha Global Construindo Cidades Resilientes agora tem como objetivo garantir que os compromissos assumidos pelos governos estejam integrados no contexto local. A partir de agora com o Marco de Sendai para a Redução do Risco de Desastres 2015-2030, e Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), a campanha mudou seu foco para o apoio à implementação de compromissos, ao envolvimento com os parceiros, ao desenvolvimento de oportunidades de co-investimento, de planejamento local e de ações e monitoração do progresso alcançado.
Em particular, a campanha continuará promovendo o compromisso dos governos locais para aumentar a resiliência frente a desastres, e alcançar a participação de 6.000 governos locais até 2020. Além disso, serão introduzidos a nova e atualizada abordagem padronizada para a resiliência como a lista de Dez Passos Essenciais e serão introduzidos indicadores, metas correspondentes e processo de comunicação aplicáveis ​​para todas as cidades.
Os parceiros do setor privado também formarão parte do público alvo e conectados com os governos locais e outros parceiros para contribuir ativamente no desenvolvimento de produtos, serviços, ferramentas e suporte técnico para soluções inovadoras na redução do risco urbano.

Apoio da UNISDR à Campanha

Como coordenador da campanha, UNISDR proporcionará parcerias de trabalho, tanto regionais como globais, para apoiar cidades da campanha. Os "Campeões", as "cidades-modelo", os promotores, os parceiros e UNISDR, oferecerão apoio especial para as seguintes atividades:

  • A organização de diálogos sobre políticas, workshops e outras atividades relacionadas com a campanha a nível global e regional.

  • "Pacote introdutório" para os governos locais sobre o risco urbano em colaboração com centros de formação e o setor academico, a fim de promover o desenvolvimento de capacidades e oportunidades de aprendizagem para cidades e governos locais em cada região.

  • Apoio em matéria de informação e conhecimento.

  • Atividades de grande notoriedade com a mídia e ferramentas de comunicação.

  • O Prêmio Sasakawa das Nações Unidas para a reducão do risco de desastres, que prioriza as candidaturas das cidades que participam na campanha.

Responsabilidade compartilhada

A UNISDR e as organizações parceiras que participam fornecerão apoio para disseminar os sucessos alcançados e práticas aplicadas, fornecendo o espaço necessário para aprender e se reunir, e procurará influenciar os tomadores de decisão em cada nível. Não haverá recursos para apoiar atividades específicas das cidades participantes, que devem ser realizadas diretamente com os próprios governos locais e os seus homólogos locais e outros parceiros. Será encorajado os participantes a contribuir com recursos e conhecimentos para outras cidades no âmbito da campanha, na medida de suas possibilidades e capacidades.

  • Consultas gerais: ciudades@eird.org
  • Para obter mais informações sobre os diferentes tipos de participação e de nomeação de cidades e governos locais, clique aqui

 

 













EVENTOS
22 Mayo 2017 
26 Mayo 2017 

Plataforma Global para la Reducción del Riesgo de Desastres
Leer más

 

TWEETS SOBRE: